CÂMARA DE VEREADORES DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE AVARÉ

Avenida Gilberto Filgueiras, 1631 - Alto da Colina - Avaré-SP - CEP: 18706-240

Fone: 0800-77-10-999 / (14) 3711-3070 / (14) 99726-5444 / (14) 99786-2458

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Sessões Ordinárias: Toda segunda-feira às 19h

conteudo
Vi Cortez pede mais dignidade para pessoas trans
 

Uma vida livre de violência e de discriminações é um direito de todo ser humano. Para mulheres, homens lésbicas, homossexuais, bissexuais, travestis e transexuais, porém, a possibilidade da violência, em casa e fora dela, é um dado da existência devido à conjugação dos vários preconceitos que enfrentam.

De acordo com o Relatório sobre Violência Homofóbica no Brasil (SDH, 2013), em 2012, foram registradas pelo poder público 3.084 denúncias de 9.982 violações relacionadas à população LGBT no Brasil– sendo que em uma única denúncia pode haver mais de um tipo de transgressão. O número representa um aumento de 166% em relação ao ano anterior.

E este número, quatro anos depois, só aumenta, tanto que motivou o discurso de Vi Cortez (PTB), na última sessão do Legislativo.

Durante sua palavra livre, Vi Cortez exibiu um vídeo de imagens “conflitantes” a respeito deste assunto, enquanto alguns lutam pela inclusão, outros ainda sofrem muito preconceito.

Cortez começou exibindo imagens da inauguração, em 2010, do Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids-SP, um projeto totalmente inovador do governo de São Paulo.

Na sequencia Vi Cortez exibiu reportagens atuais de travestis sendo agredidos simplesmente por serem trans.

“É lamentável ainda hoje termos que conviver com intolerância e desrespeito. Para toda comunidade trans é muito triste conviver constantemente com o medo de agressão e de morte. E para mim é mais triste ainda ouvir da minha esposa o risco que nós também corremos”, desabafou.

Para Vi Cortez, ser trans não é uma opção, como muitas pessoas dizem, e sim é uma condição existencial, assim como ser deficiente físico, negro ou nordestino. “Mais uma vez trago este assunto a esta casa, que é a casa do povo. Não legislo em causa própria, mas também por esta causa”, disse.

Cortez continuou e falando também de sua condição e do novo nome adotado. “Com caráter, dignidade e coragem assumi minha verdadeira identidade, me fiz mulher, sou Vitoria Cortez, nasci sem certidão de nascimento, espero servir como bom exemplo”.

Cortez fechou seu discurso, na noite de segunda-feira, exibido uma imagem da atriz norte-americana e transexual Laverne Cox, com uma frase, onde a artista, que também é transexual, afirma que “é revolucionário para qualquer pessoa trans escolher ser vista e visível em um mundo que nos diz que não deveríamos existir”.

Saúde

Também durante sua palavra livre, Vi Cortez trouxe a tona dois casos envolvendo a saúde de Avaré e pediu providências urgentes por parte da secretária, Vanda Nassif, e também mais humanidade.

O primeiro caso de uma paciente de 105 anos, que tem uma perna amputada e teve seu pedido, de atendimento domiciliar (o que é garantido pelo Estatuto do Idoso), negado pela Prefeitura.

Esta paciente também precisa que a Secretaria de Saúde forneça um número maior de fraldas descartáveis.

O segundo caso envolve uma Paciente mastectomizada, recém saída das sessões de quimioterapia e que, segundo Vi Cortez, teve complicações por causa da diabetes.

Mesmo diante deste quadro, ainda agravado com baixa imunidade da paciente, ela está sendo obrigada a viajar de ônibus para Rubião Junior com outras pessoas, com as mais diversas enfermidades.

“Se não bastasse tudo isso, ela vai à pé do Jardim presidencial até o posto Castelinho, que é onde o ônibus a pega. Ela também está fazendo drenagem de um abscesso formado no local da cirurgia, para depois começar a radioterapia”, explicou.

Relatório final

Finalizando sua palavra livre, Vi Cortez falou a respeito da Comissão Processante que investiga uma suposta quebra de decoro parlamentar por parte do vereador Júlio César Theodoro, o Tucão (DEM).

Vi Cortez é relatora da CP e garantiu que o relatório final será entregue dentro do prazo.

 

Fonte: Assessoria de imprensa do Legislativo

Data: 03/11/2016

Voltar para inicial   Mais notícias...

Ultimas notícias
O Legislativo agora tem seu próprio semanário Publicado em 04/07/2022

Audiência Pública - FREA Publicado em 23/06/2022

Audiência Pública - AVAREPREV Publicado em 23/06/2022

Acesse mais noticias

Agenda
27/07/2022 - Audiência Pública - AVAREPREV, referente ao 1º quadrimestre de 2022.
27/07/2022 - Audiência Pública - FREA, referente ao 1º quadrimestre de 2022.
09/06/2022 - Audiência Pública da Gestão Fiscal - Câmara e Prefeitura - referente ao 1º quadrimestre de 2022.
09/06/2022 - Audiência Pública - LDO

Mais eventos


Links
Assuntos
Midias
Mapa do Site

Acesso à Informação (e-SIC)
Câmara de Vereadores da Estância Turística de Avaré

Copyright © 2015- Todos os Direitos Reservados à Câmara de Vereadores da Estância Turística de Avaré

Desenvolvido por DZ Web & Design