CÂMARA DE VEREADORES DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE AVARÉ

Avenida Gilberto Filgueiras, 1631 - Alto da Colina - Avaré-SP - CEP: 18706-240

Fone: 0800-77-10-999 / (14) 3711-3070 / (14) 99726-5444 / (14) 99786-2458

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8hs às 17h30. Sessões Ordinárias: Toda segunda-feira às 19hs

conteudo
Roberto Araujo promete denunciar caso das apostilas ao MPF
 

Algumas escolas municipais voltam a enfrentar problemas com a queda na qualidade. A revelação foi feita pelo vice-presidente da Câmara, Roberto Araujo (DEM), durante a última sessão do Legislativo, realizada no dia seis de junho.

De acordo com Roberto Araujo, na segunda-feira, ele recebeu mensagens de três professoras, de três escolas municipais diferentes, e todas reclamando da queda na qualidade da merenda.

“No começo do ano, o vereador Denilson Ziroldo e eu visitamos algumas escolas e creches e, por conta disso, a qualidade da merenda melhorou, será que vamos ter que bater cartão nas escolas, para ensinar a Prefeitura a fazer a lição de casa?”, questionou o vice-presidente, durante sua palavra livre. “Será que a secretária de Educação, Lucia Lelis, não se tocou que é obrigação dela fornecer merenda de qualidade para nossas crianças? Até quando isso vai?”

Roberto Araujo voltou a convidar Ziroldo para que ambos fiscalizem novamente a merenda que está sendo servida nas escolas.

E ainda falando a respeito das polêmicas que envolvem a Secretaria da Educação, Roberto Araujo falou sobre do caso das apostilas adquiridas pela pasta.

Araujo destacou que Lúcia Lelis não respeitou sequer o que determina o Tribunal de Contas, que a aquisição deste tipo de material deve ser por técnica e preço e não pregão. “E não adianta ela jogar culpa no Departamento de Licitação da Prefeitura, porque quem fez o pedido foi ela”, afirmou.

O democrata também apontou irregularidades no ofício de Lúcia Lelis encaminhado ao Legislativo, com relação às amostras de apostilas, fornecidas pela empresa que venceu a licitação. “O edital reza que toda empresa que quiser participar tem que enviar amostras do material, para que a Prefeitura verifique se está dentro do padrão desejado, no entanto, a secretária Lucia Lélis respondeu que a empresa vencedora do certame comunicou que o material seria o mesmo de 2015, portanto, já era conhecido pela equipe da Secretaria de Educação. E no entendimento da secretária Lucia Lélis seria desnecessário o envio das amostras. Mas, quem me garante que era o mesmo material? E mesmo que fosse, está no edital e tem que ser cumprido. Ela não pode mudar o edital como bem entender!”.

O vice-presidente da Câmara também disse estranhar o fato da própria secretária Lucia Lélis ter fornecido o atestado de capacidade técnica para a empresa. Segundo o vereador, geralmente este documento é fornecido pelo prefeito.

Para Roberto Araujo, este fato tem que ser investigado pelo Ministério Público Federal. “Já conversei com o presidente da Câmara e enviaremos um ofício ao MPF para que estas denúncias sejam apuradas. Malversação de dinheiro público é crime”, finalizou o vereador.

 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Legislativo

Data: 09/06/2016

Voltar para inicial   Mais notícias...

Ultimas notícias
O Legislativo agora tem seu próprio semanário Publicado em 04/07/2022

Audiência Pública - FREA Publicado em 23/06/2022

Audiência Pública - AVAREPREV Publicado em 23/06/2022

Acesse mais noticias

Agenda
27/07/2022 - Audiência Pública - AVAREPREV, referente ao 1º quadrimestre de 2022.
27/07/2022 - Audiência Pública - FREA, referente ao 1º quadrimestre de 2022.
09/06/2022 - Audiência Pública da Gestão Fiscal - Câmara e Prefeitura - referente ao 1º quadrimestre de 2022.
09/06/2022 - Audiência Pública - LDO

Mais eventos


Links
Assuntos
Midias
Mapa do Site

Acesso à Informação (e-SIC)
Câmara de Vereadores da Estância Turística de Avaré

Copyright © 2015-2021 - Todos os Direitos Reservados à Câmara de Vereadores da Estância Turística de Avaré

Desenvolvido por DZ Web & Design