CÂMARA DE VEREADORES DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE AVARÉ

Avenida Gilberto Filgueiras, 1631 - Alto da Colina - Avaré-SP - CEP: 18706-240

Fone: 0800-77-10-999 / (14) 3711-3070 / (14) 99726-5444 / (14) 99786-2458

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8hs às 17h30. Sessões Ordinárias: Toda segunda-feira às 19hs

conteudo
Para Ziroldo, Prefeitura “esqueceu” mais de R$ 5 milhões para usar em ano eleitoral
 

A Prefeitura de Avaré “esqueceu” mais de R$ 5 milhões em contas bancárias, de verbas destinadas a duas Secretarias: a de Educação e a da Assistência e Desenvolvimento Social (Semads). A denúncia foi feita pelo presidente da Câmara, Denilson Ziroldo (PSDB), na noite do dia 11 de abril.

Depois de “encontrarem” estes valores, ambas as Secretarias encaminharam projetos de lei ao Legislativo pedindo a autorização para usarem este dinheiro.

De acordo com Denilson Ziroldo, a Semads, pasta destinada a cuidar do bem estar da população, deixou de gastar, em 2015, mais de R$ 470 mil, que poderia ter sido usado nos inúmeros projetos sociais da pasta.

“Teoricamente a Semads se preocupa com o bem estar do povo e das entidades assistenciais, mas parece que esqueceu de gastar mais de R$ 470 mil no ano passado e só lembrou agora, justamente em ano eleitoral. Tanto que enviaram um projeto para a Câmara pedindo urgência na votação”, disse o vereador tucano.

Para Ziroldo, enquanto este dinheiro ficou “esquecido” em uma conta do Banco do Brasil a população precisou procurar a Câmara para tentar suprir necessidades básicas, como fraldas geriátricas e cestas básicas, que a Semads deixou de forneceu. “Quantas vezes fui procurado por munícipes que não conseguiram obter ajuda necessária desta Secretaria? Se não tivessem deixado tanto dinheiro em uma conta, as pessoas não precisariam passar por isso”, desabafou.

“Isso é falta de planejamento e de administração e quem arca com as conseqüências disso? A população”, continuou o presidente da Câmara.

No pedido de liberação de crédito que a Secretaria de Assistência Social enviou ao Legislativo, os mais de R$ 470 mil devem ser investidos agora em programas como Proteção Social Especial, Proteção Social de Alta Complexidade,Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e atividades do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Este projeto de lei tramita pelas comissões da Câmara.

Porém, a Semads não foi a única Secretaria a “esquecer” dinheiro em contas bancárias. A situação é ainda pior (e o valor muito maior) quando se trata da pasta da Educação.

Desde 2013, a pasta chefiada por Lúcia Lellis vem acumulando mais de R$ 4,7 milhões. O valor, segundo justificativa da Secretaria, é referente a resíduos salariais dos funcionários da Educação.

Este “esquecimento” da Secretaria de Educação (que também encaminhou um projeto de lei ao Legislativo para usar o dinheiro) foi alvo de criticas por parte de Denilson Ziroldo, que lembrou das dificuldades envolvendo os prédios das escolas municipais e a frota da educação, enquanto o dinheiro estava parado em uma conta bancária. “Este dinheiro poderia até ter sido usado para o bônus de fim de ano dos professores, que eles sempre alegam não ter”, completou Denilson.

“A Secretaria de Educação tem quase R$ 5 milhões que poderia estar sendo investido na própria educação e, no entanto, agora apareceu de repente! Depois dizem que não tem dinheiro! Dinheiro tem, o que não tem é planejamento”, afirmou o presidente da Câmara.

O vereador continua e afirma que se ele não traz o assunto a público, ninguém saberia deste dinheiro “esquecido” pelas Secretarias.

Para ele, a Prefeitura deixou para investir tudo no último ano, e, nos anteriores, deixou alunos sem o básico como transporte e material escolar. “Quantas vezes, crianças não foram às aulas porque não tinha ônibus, que quebrou no meio do caminho? E quando chegaram às escolas, faltava infraestrutura lá dentro, como iluminação, computadores novos, quadras cobertas, entre outras coisas que estou cansado de denunciar na Câmara”.

“Por que este dinheiro não foi usado durante dois anos? Falta administração e planejamento”, finalizou Ziroldo.

De acordo com a Secretaria de Educação, este dinheiro deverá ser remanejado para melhorias da rede de ensino fundamental e infantil.

 

 

 

Fonte: Asessoria de Imprensa do Legislativo

Data: 15/04/2016

Voltar para inicial   Mais notícias...

Ultimas notícias
O Legislativo agora tem seu próprio semanário Publicado em 04/07/2022

Audiência Pública - FREA Publicado em 23/06/2022

Audiência Pública - AVAREPREV Publicado em 23/06/2022

Acesse mais noticias

Agenda
27/07/2022 - Audiência Pública - AVAREPREV, referente ao 1º quadrimestre de 2022.
27/07/2022 - Audiência Pública - FREA, referente ao 1º quadrimestre de 2022.
09/06/2022 - Audiência Pública da Gestão Fiscal - Câmara e Prefeitura - referente ao 1º quadrimestre de 2022.
09/06/2022 - Audiência Pública - LDO

Mais eventos


Links
Assuntos
Midias
Mapa do Site

Acesso à Informação (e-SIC)
Câmara de Vereadores da Estância Turística de Avaré

Copyright © 2015-2021 - Todos os Direitos Reservados à Câmara de Vereadores da Estância Turística de Avaré

Desenvolvido por DZ Web & Design