CÂMARA DE VEREADORES DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE AVARÉ

Avenida Gilberto Filgueiras, 1631 - Alto da Colina - Avaré-SP - CEP: 18706-240

Fone: 0800-77-10-999 / (14) 3711-3070 / (14) 99726-5444 / (14) 99786-2458

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8hs às 17h30. Sessões Ordinárias: Toda segunda-feira às 19hs

conteudo
Câmara cobra posição da Procuradoria Geral do Município
 

A Câmara Municipal da Estância Turística de Avaré através de seu Presidente, Denílson Rocha Ziroldo, enviou na última terça-feira (11) ofício endereçado ao Procurador Geral do Município de Avaré, Dr. Paulo Benedito Guazzelli, cobrando informações sobre o desfecho dos procedimentos instaurados por decisões irrecorríveis proferidas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), principalmente por contratações irregulares celebradas por agentes políticos.

Esse é o terceiro ofício enviado pela Câmara para que a Procuradoria preste informações das medidas que foram tomadas, após notificação enviada pelo Tribunal de Contas. A Câmara também quer saber quantas ações judiciais já foram propostas com base em decisões proferidas pelo TCE-SP para ressarcimento dos cofres públicos por contratos irregulares.

“Quando o Tribunal de Contas encaminha notificações e cópia das sentenças, envia uma notificação para o Executivo e para a Câmara. Diante disso também somos cobrados pelo Tribunal de Contas do Estado e o Procurador Geral precisa tomar alguma posição”, disse Denílson Ziroldo.

As notificações do TCE são referentes a contratos irregulares celebrados pelos ex Prefeitos: Wagner Bruno, Nílson Calamita, Joselyr Silvestre, Lilian Manguli e Rogélio Barcheti.

“Recebemos alguns desses documentos do Tribunal de Contas em Fevereiro e Março desse ano e o prazo estabelecido para a instrução inicial era de 30 dias, sendo que o próprio Tribunal já está alertando o prefeito através de publicações, acerca do não cumprimento de determinações daquela Corte de Contas.”, completou o Presidente da Câmara. 

Através do ofício enviado pelo Legislativo foi concedido o prazo de 24 horas para resposta pelo procurador geral, por se tratar de reiteração, e em persistindo em não responder aos questionamentos, os fatos serão levados ao conhecimento do Tribunal de Contas e Ministério Público para providências.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Data: 21/08/2015

Voltar para inicial   Mais notícias...

Ultimas notícias
O Legislativo agora tem seu próprio semanário Publicado em 04/07/2022

Audiência Pública - FREA Publicado em 23/06/2022

Audiência Pública - AVAREPREV Publicado em 23/06/2022

Acesse mais noticias

Agenda
27/07/2022 - Audiência Pública - AVAREPREV, referente ao 1º quadrimestre de 2022.
27/07/2022 - Audiência Pública - FREA, referente ao 1º quadrimestre de 2022.
09/06/2022 - Audiência Pública da Gestão Fiscal - Câmara e Prefeitura - referente ao 1º quadrimestre de 2022.
09/06/2022 - Audiência Pública - LDO

Mais eventos


Links
Assuntos
Midias
Mapa do Site

Acesso à Informação (e-SIC)
Câmara de Vereadores da Estância Turística de Avaré

Copyright © 2015-2021 - Todos os Direitos Reservados à Câmara de Vereadores da Estância Turística de Avaré

Desenvolvido por DZ Web & Design